FOLDERS //SIEMENS

A alteração no sentido da palavra Design nos países de língua inglesa se acentuou com a Revolução Industrial que originou novos usos que respondessem às novas atividades produtivas. Nesse contexto se fez cada vez mais necessário diferenciar entre o ato de desenhar (to draw)  e o ato de planificar, projetar, designar, esquematizar (to design). Na língua portuguesa não houve esta diferenciação. Com a expansão da Revolução Industrial, o design foi traduzido durante muito tempo dentro da sua concepção original como desenho, mas ligado à indústria: Desenho Industrial. Este termo foi substituído recentemente pela palavra Design para superar de certa maneira as limitações, confusões e preconceitos sobre o que é, o que faz e para que existe o Design na sociedade brasileira. E por sermos profissionais de uma área recente, prepare-se para explicar para cada pessoa, cada cliente e desconhecido o que você faz de sua vida, o seu propósito no mundo, e sinceramente, esse é um desafio dos mais difíceis de encarar e que rende uma penca de cabelos brancos em sua cabeça, pois o Design no Brasil ainda é muito verde e nossas avós espalham pela vizinhança inteira que nós consertamos computadores.

© 2023 por Silvia Blake. Orgulhosamente criado com Wix.com